2011/09/16

O nome da galinha


O nome da galinha


Era uma vez uma galinha que tinha uma curiosidade insaciável. Há animais assim.
Vivia no quintal e, embora não conseguisse sair para fora porque o muro era muito alto, conseguia sair para dentro... de casa. Portanto, assim que podia, entrava em casa da dona para ver tudo o que houvesse para ver. Metia o nariz em todo o lado, aliás o bico. Entrava pela cozinha, da cozinha passava para a sala, da sala para os quartos, nada lhe escapava. Ai, aquela galinha! Era um castigo aquela galinha! A dona estava sempre a enxotá-la mas ela era tão esperta e passava tão discretamente que acabava sermpre por ir para onde queria.
De tanto ver a filha da dona a estudar as lições, aprendeu a ler e como achava absolutamente injusto que ninguém lhe tivesse posto um nome, meteu-se-lhe na cabeça escolher um a seu gosto. Sim, porque o gato tinha nome, chamava-se Tição; o passarinho tinha nome, chamava-se Pinóquio; a menina tinha nome, chamava-se Joaninha, a mãe e o pai também tinham nome, chamavam-se respectivamente Amélia e António. E então ela, a galinha de estimação, tão mimosa e prendada que punha o seu ovo todos os dias e tudo, não merecia nome? Era o que faltava!
Foi para o quarto da Joaninha e começou a procurar no dicionário: galinha, subst. fem. etc.etc. O que era uma galinha já ela sabia, adiante, blábláblá, galinhola... galo... galocha … galope...galopim... nada que interessasse. Vamos ver mais para trás: gala.... galã ...também não. Se bem que gala - festa, solenidade, não estava mal, mas não soava lá muito bem... soava a uma galinha grande ou coisa assim. Adiante, blábláblá.. galardão.... galáxia ...
Galáxia! Boa! Conjunto de estrelas e outros astros, poeira cósmica, etc., animado de movimento, etc.,etc. ..... Era ela por uma pena! Os seus olhos eram verdadeiras estrelas, o corpo redondo e belo como os astros, o bico, as asas, as patas, as penas coloridas, era tudo bem melhor que poeira, fosse ela cósmica ou não, e movimento tinha ela em abundância. E era muito animada. Está feito! Cacarejou ela muito satisfeita. A partir deste momento vou me chamar Galáxia. E cuidado comigo, que este é um nome importante, grandioso, nobre e extremamente animado!


que tal esta galinha?
lu

3 comments:

Sofia Maul said...

Que galinha mais galante, grandiosa e graciosa, esta Galáxia! E que luminosa, letrada e louvável Lu por nos apresentares esta ave tão rara! linda! bjñs

António Gouveia said...

Ó Lu, à noite, nas noites de Lua nova, esta galáxia é visível no céu?

Beijos :)

9e10dejunho.com said...

Gostei, linda história, mas carece de continuidade.
Um abraço,
Ricardino
ricarsir@gmail.com